Our Recent Posts

Tags

Nenhum tag.

Agora, eu vejo você, meu filho!


Essa escultura (“A criança que nunca nasceu” ), de Martin Hudacek, representa perfeitamente o movimento de inclusão de um bebê que morreu no sistema familiar. Essa imagem mostra a leveza da criança se a mãe lamenta! Não se trata de forma alguma em fazer apologia ao sofrimento ou à dor da perda! Pelo contrário! Se eu lamento e choro por uma morte prematura, eu OLHO, eu VEJO aquele filho! Eu INCLUO entre os outros filhos e na família. Reconhecendo sua existência, ele sempre terá o seu lugar e todos ficarão em paz. Muitas mulheres não encontram espaço e tempo adequado para esse movimento! Ele é interrompido! A morte é negada, esquecida, não falada... com intenção de poupar e minimizar o sofrimento! Isso exclui! - “Você é nova!”; - “Você ainda terá outros filhos” Essas são frases também que excluem aquele que pertence por direito! Exemplo de que isso é comum: Muitas mulheres sequer lembram dos seus abortos! Apenas quando um médico ginecologista e obstetra pergunta sobre a história pessoal:



- Quantas gestações? -Duas doutor! Mas sabendo do esquecimento natural: - Algum aborto? -Ah, sim! Tive um! - Então, foram 3 gestações, corrige ele!


Sim, essa mulher tem 3 filhos! Quer fazer um teste para ver como esses segredos são comuns? Pergunte para as mulheres da sua família! Quantas tiveram uma perda? E quantas contatam ou falaram sobre isso? Esquecendo e excluindo faz com que o Sistema cobre a inclusão de uma forma ou de outra! Hoje ou amanhã. Uma história: Numa constelação familiar de uma mulher que tinha uma doença nas trompas (que a impedia de engravidar novamente) essa exclusão ficou evidenciada! A perda tinha sido na adolescência e foi escondida por todos os próximos anos. Ela tinha receio de seguir com o tratamento. Ela teve oportunidade de chorar e incluir esse primeiro filho! Nos meses seguintes fez um tratamento e engravidou novamente. Ela disse que teve forças e motivação para o tratamento logo após! Fazer uma constelação familiar não garante cura de doenças! Mas oportuniza a mudança de postura que pode reordenar o sistema! E o constelado pode ser agraciado com a cura. Mas todo o sintoma ou doença aparece para levar a CURA MAIOR! A cura de um SISTEMA!









#constelaçãoBrasília #constelaçãosistemicabrasília #constelaçãofamiliarbrasília #constelaçãofamiliarmaternidade #perdagestacional #aborto #LeidoPertencimento #inclusão

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Blogger ícone social

©2018 by Espaço Systemica. Proudly created with Wix.com